A criação da xoxota, em homenagem a Mário Quintana

UM POUCO DE POESIA, QUE TAMBÉM É CULTURA


(Por ocasião do centenário do grande poeta gaúcho, versos de puro lirismo!)


Sete bons homens de fino saber
Criaram a xoxota, como pode se ver:
Chegando na frente, veio um açougueiro.
Com faca afiada deu talho certeiro
Um bom marceneiro, com dedicação.
Fez furo no centro com malho e formão
Em terceiro o alfaiate, capaz e moderno.
Forrou com veludo o lado interno
Um bom caçador, chegando na hora.
Forrou com raposa, a parte de fora.
Em quinto chegou, sagaz pescador.
Esfregando um peixe, deu-lhe o odor.
Em sexto, o bom padre da igreja daqui.
Benzeu-a dizendo: 'É só pra xixi!'.
Por fim o marujo, zarolho e perneta.
Chupou, assoprou, fodeu e a chamou de buceta!

1 comentários:

carminha disse...
18 de julho de 2009 21:46

O texto não é da autoria de Mario Quintana.

Postar um comentário